Consagração Caótica de Círculo

Necessita-se de um sino ou de qualquer outro instrumento musical que crie um som ressoante e penetrante. Precisa-se também de três recipientes. Um deles possui água, outro sal, e o terceiro está vazio, para receber a água e o sal. Este ritual é escrito para um grupo de no mínimo três operadores. a consagração

1. Um oficiante segura o recipiente contendo água, outro o que contém sal. O terceiro operador, que dirá os nomes para as oito direções, segura o recipiente vazio, no centro.

2. Todos os oficiantes iniciam uma meditação curta no conceito de um Universo imanifesto ou não-vivo (o Plano que não possui dualidade, e portanto nenhum potencial de mudança).

3. O terceiro oficiante diz Olá para os que seguram a água e o sal. Estes oficiantes respondem a essa abertura em uníssono, dizendo Sim, Olá.

4. Os recipientes de sal e água são derramados simultaneamente no recipiente vazio segurado pelo terceiro (ou principal) oficiante, e todos os operadores proclamam o nascimento da dualidade com o nome THANATEROS!.

5. O terceiro oficiante (TO) dá um passo a frente na direção em que está virado, e lança gotas da água salgada enquanto o sino é tocado, e invoca: CAOS-PSIQUE! Visualização por todos os operadores: A entidade antropomórfica do Caos como um velho ou um vasto e escuro oceano, unido a uma mulher jovem (ou ao vento sobre as ondas), representando consciência e intelecto (ou razão), impondo Ordem sobre o Caos.

6. Virando 45 graus para a esquerda, o TO lança gotas da água salgada, toca-se o sino, e ele proclama: TIAMAT-MARDUK! Uma enorme deusa dragão-serpente das profundezas oceânicas; e um deus brilhante armado com uma espada, que pretende cortar a serpente em pedaços iguais e ordenados.

7. Virando-se novamente 45 graus para a esquerda, o TO lança a água nesta direção e proclama: NOKOMIS- MICHABO! Uma Avó, de quem se deriva a Água da Vida, que alimenta plantas, animais e a humanidade em seu seio; e uma Grande Lebre Antropomórfica, que é o pai da humanidade e o pastor ou rei de todos os animais.

8. Virando 45 graus para a esquerda, o terceiro oficiante proclama, espargindo a água salgada, enquanto se toca o sino: JEHESHUA-LUCIFER! Um homem de cabelo comprido, pendurado nu em uma cruz, representando o auto-sacrifício; e um ser generoso que carrega uma tocha, representando gnosis e conhecimento.

9. Da mesma forma anterior o TO proclama: ODHINN-LOKI! Um mal-definido Deus Xamã de ar paternal, e um zombeteiro, que pode sem problemas assumir qualquer forma.

10. O TO vira-se, proclama e esparge com os nomes: SET-RÁ! Um chacal ou qualquer outro deus com cabeça de cão que se ligue ao deserto, à escuridão e ao caos, unido a um deus solar de cabeça de falcão com atributos de fertilidade, luz e ordem premeditada e consciente. 11. 45 graus para a esquerda, e o mesmo: SHIVA-KALI! Um par aterrador de divindades trancadas em um abraço infinito. Shiva é o criador & destruidor de tudo, e Kali é a deusa da luxúria e da morte.

12. Novamente, mais 45 graus para a esquerda e o anúncio: BAPHOMET- CHORONZON! Uma divindade composta representando, respeitosamente, todas as formas possíveis de manifestação, auto-identificação, percepção ou fantasias.

13. Todos os oficiantes confirmam a reserva do espaço assim que o TO retorna à sua posição original e afirma: Acreditamos que este espaço está sacramentado! Assim termina o rito preliminar.

Para a preparação da câmara ritual



Últimos Vídeos do Canal



Últimos Posts no Blog

Ritual Caótico do Choque de Egrégoras

Ritual Caótico do Choque de Egrégoras

O Ritual Caótico do Choque de Egrégora é essencialmente um Ritual de Assunção Forma-Deus, embora possa ser utilizado para qualquer fim que o operador quiser. O "Choque de Egrégora" no nome foi colocado para desmistificar a ideia de que egrégoras diferentes não podem trabalhar juntas, portanto o ritual não é para chocar engrégoras e sim para fazê-las trabalhar em sinergia para um mesmo propósito.
O que são Servos Astrais?

O que são Servos Astrais?

Servos Astrais podem ter os mais diversos conceitos dependendo do sistema, paradigma ou crença que você utilize. Na filosofia da Magia do Caos é convencionado que Servos Astrais são Formas-Pensamento. Diferente dos Sigilos que são apenas a representação de um intento (intenção, desejo), os Servos Astrais são representações de Habilidades, Características ou Arquétipos. Formas-Pensamentos são literalmente pensamentos que tomaram forma. Os pensamentos em […]
Contrato com Servos Astrais

Contrato com Servos Astrais

Muitas pessoas tem dúvidas sobre o tal “contrato” de ativação de servidores, mas rola uma confusão sobre a questão. O contrato do servidor é simplesmente a ficha do servidor, ou seja, ao criar o servo astral você faz o “contrato” que basicamente é a descrição das características do servidor e da forma como ele deve funcionar. No entanto […]
Ensaio sobre o EGO

Ensaio sobre o EGO

Dissecando o mecanismo do ego, para deixar de ser escravo desse mecanismo
Como criar um Servo Astral

Como criar um Servo Astral

Passo a passo de criação de um Servo Astral com seus requisitos essenciais e opcionais.


Últimos Textos da Biblioteca

A Difícil Missão de ser Ambidestro

A Difícil Missão de ser Ambidestro

A ideia de Mão Esquerda e Mão Direita vem do Vāmācāra Tantra (Tantra da Mão Esquerda) e do Kaulācāra Tantra (Tantra da Mão Direita); a primeira, diz respeito a deificar o que é comumente visto como demoníaco: “(...) comeis ricas comidas e bebeis vinhos doces e vinhos que espumam! Também, tomai vossa fartura e vontade de amor como quiserdes, quando, onde e com quem quiserdes!”; ou, como diria Menudo: “Não se reprima!”.
Anjos Fósseis – Alan Moore

Anjos Fósseis – Alan Moore

Fossil Angels é uma espécie de “ensaio-manifesto” que trata basicamente do estado da magia e espiritualidade no mundo atual, onde Alan traz críticas ácidas e contundentes a todos os demais magos e místicos, juntamente com conselhos preciosos e um otimismo implícito em relação a um possível futuro mais pleno de espiritualidade, tudo permeado com a mais fina ironia, numa linguagem por vezes rude e brutal, por vezes impregnada do bom humor britânico.
Manual da Baderna Mágicka – Magickando

Manual da Baderna Mágicka – Magickando

Manual da Baderna Mágicka é um manual prático de magia ativista feita pela galera do Magickando
Santos SÃO Servidores

Santos SÃO Servidores

Os santos católicos, assim como as entidades da Umbanda, são servidores.
O Cabalion – William Walker Atkinson – PDF

O Cabalion – William Walker Atkinson – PDF

Introdução Temos o grande prazer de apresentar aos estudantes e investigadores da Doutrina Secreta esta pequena obra baseada nos Preceitos Herméticos do mundo antigo. Existe tão pouco material escrito sobre esse assunto, apesar das inúmeras referências feitas pelos ocultistas aos Preceitos que expomos nas inúmeras obras existentes sobre o ocultismo, que isso nos leva a […]